Cresce a adesão aos consórcios em 2019

Cresce a adesão aos consórcios em 2019

Em outubro em 2019, o ramo de consórcios encerrou o mês com resultados positivos, com crescimento de 12,8% na adesão aos consórcios.

Em 2018, de janeiro a outubro, o número de pessoas que fizeram adesão aos consórcios, indicado pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) foi um total de 2,11 milhões, o que gerou faturamento de R$ 85,81 bilhões.

No mesmo período em 2019, o número pessoas que fizeram adesão aos consórcios atingiu 2,38 milhões, movimentando um total de R$ 110 bilhões na economia brasileira, o que estabeleceu um recorde para o período.

A divisão de cotas ficou da seguinte forma:

  • Aquisição de veículos leves (como automóveis, caminhonetes e utilitários) - 50,2%
  • Motocicletas e motonetas - 29,5%
  • Imóveis - 13,6%
  • Veículos pesados – 4,5%
  • Serviços – 1,4%
  • Outros bens móveis duráveis - 0,8%

Mesmo correspondendo à menor parcela, as cotas de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis foram as que apresentaram maior crescimento, com alta de 90,9%.

Ainda em 2019, a expectativa é de um crescimento maior ao final do ano, visto que é uma época em que muitas pessoas analisam fazer a adesão aos consórcios.

Um dos locais que chama atenção é Belo Horizonte, onde a adesão aos consórcios de imóveis em setembro deste ano tiveram aumento de 40% em relação à 2018.

Consumidores mais conscientes

Entre setembro de 2018 e agosto de 2019, algumas administradoras reportaram que cresceu 12,54% o número acumulado de cotas ativas. No mesmo período, o número de cotas contempladas com crédito pendente de utilização aumentou 22,60%, o que demonstra que o mercado está cada vez mais utilizando a adesão aos consórcios como ferramenta de planejamento financeiro.

Este aumento no número de consorciados contemplados que ainda não utilizaram seus créditos se dá porque planejam adquirir um bem no futuro, afirma o sócio-diretor de uma das administradoras associadas a ABAC.

Perfil do consorciado

A maioria das pessoas de fazem adesão aos consórcios são homens, somando 65% do total de consorciados, entretanto esta porcentagem vem diminuindo desde 2016.

Do total de homens consorciados, a maioria tem de 30 a 39 anos, mais se somarmos as faixas etárias “de 40 a 49 anos” e “50 anos ou mais”, temos 54% do público.

Entre os entrevistados, 39% são da classe C, 65% deles é casado e 65% fez a escolha pela adesão aos consórcios de forma planejada.

Panorama geral dos consórcios

Em um levantamento da ABAC, em conjunto com as administradoras do setor imobiliário, foi apontado um aumento de 114,2% no número de pessoas que conquistaram seus objetivos através do consórcio de imóveis, no período de 2005 a 2018.

A quantidade de participantes que fez adesão aos consórcios imobiliários saltou de 33,8 mil para 72,4 mil durante esses anos. Somente em São Paulo, no 2º trimestre, o segmento cresceu 2,1%. Já comparando o 1º trimestre de cada ano, o crescimento foi de 3,0%. Em algumas administradoras, o segmento de imóveis cresceu 4,1% comparando com o mesmo período do ano passado. Em relação ao 1º trimestre de 2019, o crescimento foi de 23%.

As pessoas optam pelo consórcio para concretizar a compra da casa ou negócio próprio de forma planejada. O consórcio é uma maneira compartilhada e prática de poupar dinheiro. As pessoas que utilizam este crédito normalmente não têm a intenção de mudar para o imóvel imediatamente e, por isso, o planejamento é a palavra-chave ao fazer a adesão aos consórcios.

 

Interessado em adquirir seu consórcio? Vamos entender como funciona o consórcio!

 

Como funciona o consórcio

A adesão aos consórcios é um processo muito simples. É necessário apenas alguns documentos de identificação, CPF e alguns outros documentos.

Para saber mais, veja nosso artigo O que é necessário para adquirir um consórcio imobiliário.

O consórcio de imóveis funciona como uma forma de autofinanciamento, onde um grupo de pessoas se juntam afim de adquirir um imóvel de valor semelhante.

Mensalmente, as pessoas que fazem adesão aos consórcios devem pagar uma parcela para a administradora. Dessa forma, o grupo se autofinancia e assim todos poderão ser contemplados.

Contemplação nos consórcios

A contemplação é o momento onde o consorciado poderá usar o crédito para adquirir o bem desejado.

Após fazer adesão aos consórcios, você poderá contemplar sua cota através de:

  • Sorteio na assembleia
  • Lance fixo
  • Lance livre
  • Lance embutido

 

Para saber mais sobre os tipos de lances, veja nosso artigo sobre Como usar lances para acelerar a contemplação.

Segundo dados do anuário ABAC 2019, em 2018 foram distribuídas 1,2 milhões de contemplações, somando R$ 40,43 bilhões em crédito.

Já no período entre janeiro e setembro de 2019, foram concedidos R$ 31,10 bilhões em crédito aos contemplados, 2,84% superior aos dados do ano passado. A expectativa é que até o final do ano este número supere o total de créditos das contemplações de 2018.

Se você tem dúvidas basta falar com nossos especialistas com mais de 30 anos de experiência para ser indicado aos melhores consórcios e grupos para o seu perfil de investimento.

Como usar a carta contemplada:

Após fazer a adesão aos consórcios e ser contemplado, você receberá sua carta de crédito contemplada. Com ela em mãos, você poderá usar seu crédito de forma livre, desde que respeitando os termos de contrato.

Os possíveis usos para sua carta de imóveis incluem:

  • Compra de imóveis novos ou usados
  • Compra de imóveis na planta
  • Construção de imóveis
  • Reforma de imóvel
  • Compra de terreno
  • Investimentos
  • Quitação de financiamentos imobiliários
  • Venda da carta contemplada

Entre em contato com nossos especialistas para mais detalhes e fazer a adesão aos consórcios.

Veja também nosso artigo sobre O que fazer após contemplar no consórcio.

Investimento com consórcio:

  • Opções de investimento com consórcio de imóveis
  • Compra de imóveis para venda
  • Compra de imóveis para aluguel
  • Compra de imóveis na planta

Segundo matéria no site Monitor Mercantil, apenas 3,82% dos imóveis usados foram vendidos através de consórcios, ou seja, ainda há muito espaço e mercado para o consórcio expandir neste segmento.

Crescimento da economia

De forma geral, é esperado que toda a economia do Brasil cresça em 2020. Recentemente as expectativas de crescimento do PIB brasileiro em 2020 foram alteradas, elevando a previsão de alta de 2,17% para 2,20%.

Outro indicador interessante é o Credit Default Swap (CDS). Através deste índice é possível ver a percepção de risco sobre o a capacidade financeira de um país pagar suas dívidas e prosperar financeiramente.

Quanto menor for o a pontuação de risco, melhor é a visão do mercado quanto a investimentos no Brasil. A pontuação do Brasil vem caindo desde seu último crescimento durante o período eleitoral de 2018.

 

 

Consulte nossos especialistas para saber mais sobre os investimentos em consórcios. Temos mais de 30 anos em experiência em consórcio e podemos indicar os melhores consórcios e investimentos baseado no seu perfil de investimento.

 

Continue lendo sobre o consórcio de imóveis! Indicamos a leitura do artigo Quais as vantagens do consórcio em relação ao financiamento.

Site criado por

Ação Web - Criação de Sites E-commerce e Loja Online

WhatsApp